Importância dos exames periódicos: quais cuidados você está deixando passar

Por Equipe todosBem | 02 de January de 2018

Existem certas doenças que se instalam no nosso organismo silenciosamente sem que a gente nem sinta e nem perceba nada. Sabe qual é o perigo disso? É que quando a gente descobre, muitas vezes, a doença já danificou o organismo e já está num estágio avançado.

Assim, fica mais difícil de tratar e ainda mais difícil de curar ou, em alguns casos, a cura já nem é mais possível. A partir daí, a doença pode evoluir e se tornar uma doença crônica ou ela pode nos tirar o bem que temos de mais precioso: a vida.

Mas sabe qual é o único meio de evitar que todos esses cenários aconteçam conosco ou com quem a gente ama? Adotar a saúde preventiva! É sobre isso que vamos falar no blog post de hoje. Você vai descobrir a importância de fazer exames periódicos e quais são os possíveis cuidados que você pode estar deixando passar. Confira.  

Qual a importância dos exames periódicos?

Os exames periódicos são aqueles que devem ser realizados de tempos em tempos para verificar o estado de saúde de uma pessoa. A partir do resultado dos exames é possível:

  • Fazer o diagnósticos de doenças;
  • Conhecer mais sobre como o organismo está funcionando;
  • Entender se há algum distúrbio metabólico;
  • Verificar o funcionamento de certos órgãos e glândulas;
  • Detectar a presença de organismos patogênicos como vírus e bactérias;
  • Ver os impactos da alimentação sobre o corpo: a partir da medição da glicemia, por exemplo, é possível saber se a alimentação está com níveis excessivos de açúcar. Outro exemplo: se o colesterol estiver muito alterado, isso pode indicar uma alimentação rica em gorduras;
  • Saber se existem processos inflamatórios acontecendo;
  • Detectar a presença de tumores
  • Prevenir que doenças se instalem: por exemplo, se o médico identificar um aumento nos níveis de glicose no sangue ele pode iniciar um tratamento com dietas, exercícios e até mesmo com medicamentos para evitar que a pessoa desenvolva diabetes.

Sendo assim, podemos perceber que os exames periódicos são fundamentais para prevenir, diagnosticar doenças e para tratá-las de maneira adequada.

Quais exames são importantes de serem feitos?

De maneira geral, estes são os exames periódicos principais que devem ser feitos:

  • Glicemia: indica os níveis de açúcar no sangue;
  • Hemograma: revela a contagem dos elementos do sangue para identificar possíveis doenças como anemia e leucemia;
  • Ferro e ferritina: vai revelar como estão os níveis de ferro no organismo para identificar se há ou não um caso de anemia;
  • HDL, LDL e VLDL: vão demonstrar os níveis de colesterol no sangue;
  • Ácido úrico: vai ajudar a detectar o risco de doenças renais e de problemas de articulação;
  • Proteína C reativa (PCR): um bom exame para identificar as doenças silenciosas e que ainda não apresentam sintomas, como alguns tipos de câncer.

Esses são apenas alguns exemplos de exames. De acordo com a condição de cada paciente, a faixa etária e outros fatores, o médico pode solicitar outros tipos de exames.

Quando fazer exames periódicos?

Desde a infância até a terceira idade os exames periódicos podem e devem ser feitos. Em cada faixa etária é importante analisar determinados fatores. Por isso, o acompanhamento médico é tão importante. Apenas o médico pode solicitar os exames e interpretá-los. Além disso, ele saberá exatamente quais exames você ou alguém da sua família deve fazer.

Deu  para perceber o quanto os exames periódicos são importantes, não é mesmo? Então, que tal proporcionar para você e para a sua família check ups completos com exames e consultas médicas? Conheça os pacotes Platina e Diamante da todosBem.

Deixe seu comentário

© todosBem - Clínica popular. Todos os direitos Reservados.

Topo