Desmistificando doenças cotidianas: com o que você deve se preocupar

Por Equipe todosBem | 28 de November de 2017

Durante o ano, você e a sua família enfrentam algumas doenças comuns, mas que são bastantes incômodas. Doenças como gripes, infecção de garganta, episódios parecem simples e inofensivas, mas não são. Elas enfraquecem o organismo, nos tiram das atividades diárias e ainda trazem custos que pesam no orçamento familiar.

Diante de tal situação, é importante que você tenha atenção e saiba como cuidar para que a sua família não sofra com essas doenças. No blog post de hoje vamos desmistificar as doenças cotidianas. Confira.

Os prejuízos das doenças cotidianas

A pesquisa “O Custo das Doenças do Dia a Dia”, realizada pela marca de sabonete Lifebuoy em parceria com a Escola de Higiene Tropical de Londres (Centro líder mundial de pesquisa e pós-graduação em saúde pública global e uma das melhores universidades do mundo para pesquisas colaborativas) mostrou que uma família brasileira gasta, em média, R$ 1.151,55 por ano com episódios de doença cotidianas.

E os prejuízos das doenças cotidianas não param por aí. O estudo mostrou também que uma criança brasileira perde, em média, três dias de aula a cada episódio de doença, enquanto o adulto que cuida do enfermo também falta ao trabalho na mesma proporção.

Crianças e idosos precisam de atenção especial

A pesquisa ainda apontou que as famílias brasileiras experimentaram pelo menos um surto de infecção por ano, totalizando uma prevalência de 52,5%. Contudo, este número sobe para 74,2% entre crianças de cinco e 15 anos de idade. Ou seja, crianças e adolescentes são mais frágeis e susceptíveis a esses incômodos. Assim, necessitam de cuidados redobrados e de um acompanhamento médico frequente.  Não só para cuidar, mas mais ainda prevenir.

Os idosos também sofrem muito com as doenças cotidianas. Assim como as crianças, eles possuem o sistema imune mais frágil. Com isso, as doenças se instalam mais facilmente e provocam mais danos ao organismo.

Cuide da saúde e previna doenças

Já diria o bom e velho ditado “é melhor prevenir do que remediar”. Então, a melhor forma de proteger a sua família é tomando atitudes preventivas. Veja algumas dicas:

  • Cuide da alimentação, oferecendo refeições saudáveis. Uma boa alimentação ajuda o organismo a se manter forte e equilibrado, fortalece o sistema de defesa do corpo e ainda fornece os nutrientes necessários para o corpo se recuperar, caso a pessoa adoeça.
  • Tenha bons hábitos de higiene: como, por exemplo, lavar as mãos com frequência e utilizar álcool em gel depois. Esse hábito parece simples, mas pode evitar contaminação por diversos tipos de vírus e bactérias.
  • Faça check up com exames e consultas médicas regularmente. Assim, você poderá prevenir doenças sérias e até mesmo tratá-las desde o início caso elas se instalem.  
  • Durante mudanças bruscas de temperatura redobre a atenção com idosos e crianças, essas mudanças enfraquecem o sistema imunológico deixando o organismo mais suscetível a doenças.

Quer cuidar da saúde preventiva de toda a sua família de um jeito que caiba no seu bolso? Conheça os pacotes da todosBem. Temos opções que incluem exames e consultas que garantirão um atendimento completo para quem você ama.  

Deixe seu comentário

© todosBem - Clínica popular. Todos os direitos Reservados.

Topo