Como escolher um plano de saúde

Por Equipe todosBem | 02 de April de 2018

A saúde pública no Brasil é ainda um assunto muito polêmico. O SUS (Sistema Único de Saúde) sofre com precariedade e falta de recursos, equipamentos, medicamentos e até profissionais de saúde. Além disso, a acessibilidade ainda é difícil. É comum que pacientes fiquem esperando de meses até anos para fazer consultas e exames.

Diante de tal realidade, há quem prefira contratar um plano de saúde para ter acesso a um serviço de qualidade. Mas, fica uma dúvida: como contratar um bom plano de saúde? Confira as dicas no blog post de hoje.

Escolha a cobertura assistencial que mais te atende

Quando você for escolher um plano de saúde, será necessário escolher a cobertura desse plano, ou seja, quais os serviços que ele vai abranger. segundo a ANS (Agência Nacional de Saúde), existem as seguintes segmentações assistenciais como ambulatorial, hospitalar ou hospitalar com obstetrícia. Verifique qual mais combina com as suas necessidades e da sua família e faça a escolha certa.

Considere os prazos de carência

A carência de um plano de saúde é um termo usado para denominar o período no qual os beneficiários ainda não podem utilizar os serviços oferecidos que o usuário precisa ficar sem usar os serviços contratados. A carência é algo permitido legalmente e tem a função de impedir que alguém já doente contrate o plano de saúde só para ter acesso imediato a um tratamento muito caro.

A (ANS) regulamenta os prazos máximos de carência, mas há empresas que trabalham com prazos menores para atrair os consumidores. Os prazos da ANS são:

  • Casos de urgência e emergência: 24 horas;
  • Outros casos como consultas, exames, internações: 180 dias (aproximadamente 6 meses);
  • Para parto: 300 dias (aproximadamente 10 meses).

Veja a nota dos planos de saúde segundo a avaliação da ANS

A ANS anualmente faz uma avaliação das operadoras de saúde e lhes confere uma nota, isso é denominado Índice de Desenvolvimento em Saúde Suplementar (IDSS). O IDSS considere 4 aspectos importantes e que vão lhe ajudar na hora de escolher o seu plano. São eles:

  • Qualidade em atenção à saúde
  • Garantia de acesso aos serviços
  • Sustentabilidade no mercado
  • Gestão de processos e regulação

Avalie a acessibilidade dos serviços

A acessibilidade aos serviços já é um dos itens avaliados pelo IDSS. Mas, lembre-se de considerar esse item com muita atenção na hora de contratar seu plano, pois quanto mais facilidade você tiver para acessar os serviços do seu plano de saúde, melhor. Assim, você consegue atendimentos com muito mais facilidade e agilidade.

Existe uma opção mais em conta que o planos de saúde?

Felizmente sim! Os planos de saúde são muito criticados pelos altos valores das mensalidades. Mas, hoje já existe no mercado, a opção dos pacotes de saúde. Com esses pacotes você pode fazer um número pré-determinado de consultas e de exames por um valor fixo mensal muito mais em conta. É possível incluir dependentes da mesma maneira e o serviço é ágil e de fácil acessibilidade.

Quer conhecer opções de pacotes de saúde para começar a cuidar já de você e da sua família? A todosBem possui opções que atendem todas as necessidades. Conheça já!

Deixe seu comentário

© todosBem - Clínica popular. Todos os direitos Reservados.

Topo